The Power Station – The Power Station (vinil, usado)

R$60,00

1 em estoque

Descrição

The Power Station – The Power Station

Álbum de estréia do super grupo The Power Station lançado em 1985. A banda era formada pelo renovado cantor Robert Palmer, dos músicos John Taylor (baixo) e Andy Taylor (guitarra) ambos da banda Duran Duran e Tony Thompson da banda Chic na bateria. A princípio Palmer foi chamado para participar apenas da faixa “Communication”, no estúdio o vocalista acabou gravando também uma versão de “Get It On (Bang a Gong)” do grupo T. Rex, ao final do dia a química entre Palmer e o resto da banda foi tão intensa que eles decidiram convidá-lo para gravar o restante do álbum.

Porém durante as gravações Palmer teve que se ausentar para concluir o seu disco Riptide que acabou tendo as contribuições dos músicos do The Power Station e veio a ficar muito parecido com o disco do projeto. A banda chegou a trabalhar com Michael Des Barres que gravou a faixa “Somewhere, Somehow, Someone’s Gonna Pay” que entrou na trilha sonora do filme Comando Para Matar estrelado por Arnold Schwarzenegger, mais tarde Des Barres também substituiu Palmer na apresentação da banda no Live Aid.

Lado A
1. “Some Like It Hot” 5:05
2. “Murderess” 4:17
3. “Lonely Tonight” 3:58
4. “Communication” 3:37

Lado B
1. “Get It On (Bang a Gong)” 5:29
2. “Go to Zero” 4:58
3. “Harvest for the World” 3:37
4. “Still in Your Heart” 3:20

Formação:
Robert Palmer – vocal
Andy Taylor – guitarra
John Taylor – baixo
Tony Thompson – bateria

Músicos Adicionais:
Curtis King Jr., Fonzi Thornton , Nelson BJ, Charmaine Burch – vocais adicionais
Lenny Pickett , Mark Pender , Stan Harrison , Hollywood Paul Litteral, Mars Williams – metais
Roger Taylor , Jimmy Bralower – efeitos de percussão
Wally Badarou , David LeBolt, Robert Sabino , Rupert Hine – teclados

Lançamento: 25 de março de 1985
Gravação: no estúdio The Power Station em Nova Iorque, EUA durante o ano de 1984
Selos: Capito, EMI
Produção: Bernard Edwards
Fabricação: Brasil
Prensagem: 1985
Formato da capa: simples
Encarte: não

Classificação do vinil:
Vinil: NM: Near Mint/Quase Perfeito: Vinil muito bem conservado sem marcas óbvias de uso. Eventualmente pode apresentar alguma marca visível (NM-), muito pequena e superficial.
Capa: VG: Very Good/Muito Bom: Capa Inteira com pouco sinal de uso aparente. Marcas na superfície ou bordas do papelão, pequenos descascados, manchas, desgaste da tinta no local da borda do disco.

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Seja o primeiro a avaliar “The Power Station – The Power Station (vinil, usado)”

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *